Você está em: Início / Fotos / Galeria de Fotos / Conceição Balbino recebe Título de Cidadã Aracajuana
Galeria de Fotos - 187 Fotos

Conceição Balbino recebe Título de Cidadã Aracajuana

A presidente de honra da Associação dos Amigos da Oncologia - AMO, a assistente social Maria da Conceição Balbino, recebeu o título de Cidadã Aracajuana em razão de seus 30 anos de Serviço Social e mais de 20 de voluntariado. O título de adoção oficial foi concedido no dia 22 de novembro, às 17h, em sessão solene na Câmara Municipal de Aracaju. Familiares, voluntários, colaboradores e pacientes da AMO e amigos de formação acadêmica, profissional e de trabalho de Conceição Balbino prestigiaram a celebração. A solenidade foi presidida pelo vereador Nitinho Vitale e acompanhada pelo vereador Américo de Deus. A recepção dos convidados se realizou na Galeria de Arte J. Inácio e contou com a voz e violão do querido músico Luiz Arnaldo. Natural de Jaguaquara, cidade da microrregião de Jequié, no sudoeste da Bahia, Conceição Balbino cresceu, estudou e se desenvolveu em Aracaju, tendo passado alguns anos da infância com a família na cidade sergipana de Lagarto. Estudou na escola particular Instituto Dom Fernando Gomes, no bairro Siqueira Campos, onde obteve sólida formação cristã, e completou a sua educação básica no Colégio Estadual Atheneu Sergipense. CARREIRA PROFISSIONAL Com formação acadêmica sólida, Conceição possui exatos 30 anos de formação em Serviço Social pela Universidade Federal de Sergipe. É especialista em Políticas Públicas pela mesma universidade; Auditoria em Serviço de Saúde pela Universidade de Ribeirão Preto; e Direitos Sociais e Serviço Social pela Universidade de Brasília. Iniciou sua carreira profissional como assistente social no Serviço Social do Hospital de Cirurgia, onde foi coordenadora da Oncologia e do grupo de Humanização. Atualmente, é servidora pública de carreira da Prefeitura de Aracaju e desempenha função técnica em diversos protocolos relacionados à saúde do trabalhador pelo Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador, na Secretaria da Saúde. LIDERANÇA E VOLUNTARIADO Em 2009 foi premiada pela Prefeitura de Aracaju com o Troféu Núbia Marques – honraria dedicada a mulheres que se destacam na promoção da qualidade de vida e na garantia dos direitos humanos. Sempre focada em serviços comunitários, já foi presidente de associação de bairro de Aracaju, tem 21 anos de vida dedicados ao voluntariado. Na AMO, atuou como membro do Conselho Científico e como vice-presidente. É a idealizadora da associação e uma dos 29 sócios-fundadores. Lidera, atualmente, cerca de 130 voluntários, 55 colaboradores e 2.200 pacientes com câncer, de todas as faixas de idade (crianças, adolescentes, adultos e idosos), com origem na capital e interior de Sergipe e de cidades da Bahia, de Alagoas e de Pernambuco.
Câmara Municipal de Aracaju | 22/11/2017
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira
Acrísio Siqueira